Como fazer emprestimo pessoal?

emprestimo pessoal é uma modalidade muito utilizada pelos brasileiros e que pode ser uma ótima saída para quem está precisando de dinheiro rápido.
Como o próprio nome já diz, o empréstimo é pessoal, portanto não é vinculado a nenhum produto físico e sua liberação tem como base a sua renda mensal.
Atualmernte boa parte dos bancos já oferecem um empréstimo pessoal pré-aprovado para seus clientes, tendo também como base o comprovante de renda apresentado na abertura de sua conta corrente. Nesses casos o cliente pode fazer a solicitação do empréstimo pelo caixa eletrônico do banco ou pela internet, podendo até mesmo consultar o valor de cada parcela do empréstimo.

O que é emprestimo pessoal? 

O empréstimo pessoal é uma modalidade de crédito na qual o cliente não vincula o valor a nenhum bem, diferente do que acontece com o financiamento.
Por isso a pessoa que se propõe a fazer emprestimo pessoal, tem a possibilidade de receber o dinheiro em espécie, ao contrário do financiamento no qual você recebe somente o crédito para aquisição de um produto específico.
O empréstimo pessoal é uma boa opção para quem precisa de dinheiro para qualquer fim, tendo taxas e juros bem menores do que se comparado com o limite de cheque especial.

Passo a passo para fazer emprestimo pessoal? 

Apesar de ser um serviço muito popular, muitas pessoas tem duvidas sobre como faço emprestimo pessoal?
A resposta é simples, você pode optar por uma instituição especializada em crédito ou pode seguir até o banco no qual você é correntista.
No caso da instituição de crédito, você precisa confirmar quais documentos são necessários para liberação do empréstimo. Porém atenção, normalmente essas instituições especializadas em crédito, costumam cobrar uma taxa de juros maior do que se comparado com bancos.
Já no banco onde você é correntista, normalmente eles já tem um valor pré-aprovado no qual pode ser liberado de imediato. Você também pode seguir até o atendimento pessoal para saber se o gerente libera um valor mais alto de empréstimo pessoal, tendo como base seu comprovante de renda.
Em ambos os casos o ideal é ficar atento ao valor das parcelas mensais do empréstimo e também as taxas de juros cobradas antes de fechar o contrato.